Bate e volta a Curitiba

………..No último final de semana fiz bate e volta a Curitiba, onde busquei percorrer seu Centro Histórico caminhando, visitar lugares que ainda não havia entrado  quando estive na cidade em 2015 e revisitar outros que já conhecia. Saí de Porto Alegre/RS em um voo às 6:50, chegando à cidade por volta das 9h, onde me uni a duas amigas que haviam chegado no dia anterior. Foram dois dias muito bem aproveitados e com pouco tempo para dormir, o que só fez valer ainda mais a experiência, pois no domingo já às 21:30 estávamos embarcando de volta a Porto Alegre.

Jardim Botânico de Curitiba

………. Dentre os muitos lugares por onde passei nesses dois dias, na manhã de sábado fomos ao Relógio das Flores, à Praça Garibaldi, passamos pela Igreja do Rosário, que infelizmente estava fechada, sendo possível conhecer o Solar do Rosário e o Memorial de Curitiba por dentro. Por sorte, tivemos a oportunidade de conhecer o terraço do Memorial e a bela vista da cidade que se tem dele.

……….Passeamos pela Praça Tiradentes, onde pudemos visitar a Catedral Metropolitana durante uma movimentada celebração. Em seguida, percorremos outras ruas do centro da cidade até chegar à Rua XV de Novembro, também conhecida por Rua das Flores. Em uma breve parada para estiar as pernas, visitamos a Praça Santos Andrade, que estava muito movimentada por turistas que tiravam fotos em frente à Universidade Federal do Paraná.

……….Depois do almoço, me despedi das amigas, que já tinham outro roteiro em mente, e me aventurei mais uma vez caminhando pelo Centro Histórico da cidade, onde visitei a Igreja da Ordem e seu Museu de Arte Sacra, o belíssimo Solar do Barão, que conta com o Museu da Fotografia de Curitiba, e o encantador e monumental Museu Paranaense, o terceiro maior do Brasil, segundo informações de um dos seguranças do museu. Buscando percorrer outras partes da cidade, dei uma passadinha no Mercado Central e na Rua 24 horas, para finalmente encontrar a tão recomendada Livraria Arte e Letra, onde pude tomar um maravilhoso chocolate quente acompanhada de um misto quente num ambiente bem aconchegante cercada de livros, tendo o prazer de conhecer uma simpática garçonete paranaense que já havia morado em Porto Alegre e que conhecia a cidade de Canoas, onde resido. 🙂

………..À noite, me reuni às amigas para nosso Pub Craw, começando a festa pelo Hard Rock Café Curitiba, onde estava acontecendo uma noite aos embalos de Elvis Presley. Na sequência fomos ao bar Aurora, onde um encantador garçom nos contou porque as noites curitibanas terminam tão cedo (por volta das 2h da manhã) 🙁 Jantamos no Lago’s Bar, que já não havia mais música ao vivo e que ainda por sinal queriam nos cobrar a taxa de 10%… Finalmente, encontrarmos o bar Alchemia, de onde eu não queria mais ir embora, pois a banda que tocava era muito boa. 🙂

……….No domingo, já bem cedo da manhã, passamos pelo Pórtico da Santa Felicidade, caminhando até o Parque Barigui e o Museu do Automóvel. De lá fomos conhecer a Mesquita Imam Ali, passeando pela bem movimentada Praça João Cândido, devido à Feira do Largo da Ordem, que triplicou de tamanho desde a última vez que estive na cidade. Infelizmente não tivemos tempo de percorrer toda a feira, mas conseguimos tirar algumas fotos durante o passeio e fazer uma breve visita às Ruínas de São Francisco.

……….Para o almoçar, em busca de algo parecido com o famoso Barreado de Morretes, fomos ao Mercado Municipal, onde comemos panquecas. Para a felicidade das minhas amigas, havia panqueca com recheio de Barreado. 😛

……….Depois do almoço passeamos pelo Jardim Botânico, que estava muito movimentado, penso que por estar fazendo uma linda tarde de sol. Nossa última parada, já em tom de despedida, foi no Bar 14 Bis do Centro Histórico. Enquanto nos despedíamos da cidade tomamos quentão acompanhadas de boa música.

………..Visitar Curitiba é sempre uma ótima experiência. Dessa vez achei os curitibanos mais receptivos que da última vez e a cidade ainda mais encantadora. Voltaremos!!! 😀

ROTEIROS RELACIONADOS

Deixe uma resposta